CEFIVE Brasil

CENTRO DE ESTUDOS EM FISIOTERAPIA VESTIBULAR E EQUILÍBRIO (CEFIVE-Brasil)

 

          O Centro de Estudos em Fisioterapia Vestibular e Equilíbrio (CEFIVE-Brasil) surgiu da motivação e do sonho de um grupo que se reúne desde 1999 para tratar de assuntos acadêmicos e clínicos relacionados às síndromes vestibulares e suas consequencias funcionais no paciente. Sob a coordenação do Prof. André Luis dos Santos Silva, o CEFIVE-Brasil busca debater grandes temas dessa área de atuação e seus avanços.

 

Nesse sentido, o CEFIVE-Brasil assume o compromisso de:

 

a)    Incentivar a pesquisa e a promoção de estudos voltados para a FV;

 

b)    Apoiar uma formação de qualidade dos fisioterapeutas vestibulares;

 

c)     Abordar acadêmica e profissionalmente, com critérios de segurança, a conduta da avaliação ao tratamento efetivo para o paciente vestibular e com disfunções crônicas do equilíbrio e controle postural de origem multissistêmica.

 

Atividades do CEFIVE-Brasil

 

As atividades do CEFIVE-Brasil estão direcionadas no estudo da Fisioterapia Vestibular (FV) e áreas afins.

 

Destaca-se que, para chegar aos objetivos, o CEFIVE-Brasil promoverá:

 

a)    Estudos, debates e seminários a fim de se tornar referência nessa área de atuação;

 

b)    Cursos de extensão, aperfeiçoamento, conferências, jornadas, divulgação em redes sociais, nos âmbitos nacional e internacional, visando o debate e a difusão de conhecimento, assim como contribuir na formação de fisioterapeutas vestibulares capacitados. Para tanto, será dirigida e estimulada toda atenção para programas de intercâmbio no Brasil e no exterior;

 

c)     Atenção que as atividades serão direcionadas para uma reflexão multi e interdisciplinar na abordagem do paciente vertiginoso.

 

Importante ressaltar que o modelo nacional de educação e formação de massa crítica está centrado nas Instituições de Ensino Superior (IES), pilares da formação profissional no Brasil, mediado pelo MEC e CAPES. No entanto, observamos uma tendência que as IES recebem colaborações relevantes em suas atividades. Nesse sentido, a colaboração de Centros de Estudo sérios, através de parcerias sólidas e responsáveis, públicas ou privadas, pode e deve contribuir no aprimoramento profissional, acadêmico e do seu papel social. Atividade esta amplamente difundida em países de renomada reputação nesses campos.