O que é fisioterapia vestibular?

Uma alternativa à cirurgia e ao uso de medicamentos
tratamento-vertigem-cervicogenica_shutterstock_335104064_edit

Tratamento da Vertigem Cervicogênica

          Existem 02 tipos de tontura: rotatória ou vertigem, quando o paciente relata que tudo gira ao seu redor; e não-rotatória, equivalente à instabilidade postural ou desequilíbrio. Há aproximadamente oitenta anos, o tratamento da tontura de origem vestibular era com cirurgia do nervo vestibular do labirinto. A Fisioterapia vestibular (FV) se iniciou na década de 1940, sendo definida como uma abordagem específica da fisioterapia indicada para reduzir os sintomas e promover a adaptação e substituição das disfunções vestibulares relacionadas a diversos distúrbios do equilíbrio. A FV é eficaz na melhora dos déficits funcionais e sintomas subjetivos resultantes da hipofunção vestibular periférica unilateral e bilateral.

 

          No Brasil, a FV foi reconhecida como área de atuação pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) através da Resolução nº. 419/2012 (02 de junho de 2012 – D.O.U. nº 131, Seção 1, 09/07/2012).

 

PADRÕES DE ORIENTAÇÃO: A FISIOTERAPIA VESTIBULAR 4 X 4

 

          Com finalidade didática para entender a prática da FV baseada em competência, apresentamos o modelo Fisioterapia Vestibular 4×4. Com base na observação diária de pacientes, esse modelo simples entende que existam quatro grandes tópicos na FV que indicam as queixas e o roteiro diagnóstico/ tratamento: sinais e sintomas; avaliação; diagnóstico funcional e intervenção. Para cada grande tópico à esquerda da figura, temos 04 possíveis subtópicos que direcionam o raciocínio funcional e a tomada de decisão clínica.