Problemas vestibulares

slide_7

Como doença, é uma infecção do labirinto, seja de origem viral ou bacteriana, que pode evoluir para tontura, mal estar geral, alterações auditivas e desequilíbrio.

Após o seu diagnóstico, a avaliação e tratamento realizado por um otoneurologista é fundamental. A Fisioterapia Vestibular, simultaneamente aplicada, contribui significativamente com a melhora dos sintomas.

É importante ressaltar que o termo “labirintite” não pode ser usado para rotular todos os tipos de problemas do labirinto. Existem, aproximadamente, trezentos tipos de disfunções vestibulares, com quase duas mil causas distintas. Portanto, cada caso precisa ser investigado por uma equipe de profissionais preparados, para que o paciente seja conduzido ao tratamento mais indicado, com chances de recuperação funcional e qualidade de vida.